• Picolinato de Cromo 200mcg - 60 cápsulas

Picolinato de Cromo 200mcg - 60 cápsulas

Modelo:Picolinato de Cromo 200mcg - 60 cápsulas
Disponibilidade:Em estoque
  • R$25,90

Picolinato de cromo é um suplemento dietético que pode ser útil em inibir o apetite e vontade por doces. Adicionalmente Picolinato de Cromo, tem demonstrado que auxilia no crescimento muscular e metabolismo das gorduras simultaneamente. Se tomado junto com exercício e como parte de uma dieta que controla as calorias, os resultados podem ser proeminentes. O Picolinato de Cromo atua potencializando a ação da insulina, que é a responsável pela captação da glicose circulante na corrente sanguínea.

Com uma maior captação dessa glicose circulante, seu organismo tende a repor a mesma para garantir as atividades corporais e as "reservas de energia na musculatura" (glicose no músculo) em forma de glicogênio muscular. Para fazer isso, o Picolinato de Cromo irá utilizar as reservas de gordura corporal, o que acarretará na redução da porcentagem de gordura do corpo e ainda reduzirá o catabolismo, favorecendo também o aumento da massa muscular.



Indicações


- O cromo é essencial para um metabolismo saudável, especialmente quando se envelhece.

- Coadjuvante no tratamento de pacientes diabéticos;

- Promove a perda de peso e aumento da massa muscular magra;

- Redução de ácidos graxos do sangue, incluindo colesterol total e LDL-colesterol;

- Estudos indicam que o cromo também é efetivo na redução das gorduras totais do organismo;

- Retarda o envelhecimento;

- Aumenta a energia;

- Melhora o metabolismo dos carboidratos.



Posologia


Tomar 1 cápsula 1 ou 2 vezes ao dia ou conforme orientação de profissional habilitado.



Composição


Picolinato de Cromo 200mcg

Excipiente qsp 1 cápsula



Validade


4 meses



Advertências :


1. Nunca utilize medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o prescritor.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

9. Embora não existam contra-indicações relativas a faixas etárias, recomendamos a utilização do produto para pacientes de idade adulta.

10. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.

11. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

12. O uso do medicamento durante o período de amamentação também não é recomendado.

13. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO OU FARMACÊUTICO DEVERÁ SER CONSULTADO".



Referências Bibliográficas


1. Abraham AS, Brooks BA, Eylath U. The effects of chromium supplementation on serum glucose and lipids in patients with and without non-insulin dependent diabetes. Metabolism. 1992;41(7):768-771.

2. Althius MD, Jordon NE, Ludington EA, Wittes JT. Glucose and insulin responses to dietary chromium supplements: a meta-analysis. American Journal of Clinical Nutrition. 2002;76(1):148-155.

3. Anderson RA, Cheng N, Bryden NA, Polansky MM, Cheng N, Chi J, Feng J. Elevated intakes of supplemental chromium improve glucose and insulin variables in individuals with type 2 diabetes. Diabetes. 1997;46(11):1786-1791.

4. Anderson RA, Polansky MM, Bryden NA, Bhathena SJ, Canary JJ. Effects of supplemental chromium on patients with symptoms of reactive hypoglycemia. Metabolism. 1987;36(4):351-355.

5. Anderson RA. Chromium, glucose intolerance and diabetes. Journal of the American College of Nutrition. 1998;17(6):548-55.

6. Anderson RA. Effects of chromium on body composition and weight loss. Nutrition Review. 1998;56(9):266-270.

7. Anon: Chromium. In: DerMarderosian A, Beutler JA, eds. Facts and Comparisons: The Review of Natural Products. St. Louis, MO, Facts and Comparisons. June 1992.

8. Bahijri SM, Mufti AM. Beneficial effects of chromium in people with type 2 diabetes, and urinary chromium response to glucose load as a possible indicator of status. Biological Trace Element Research. 2002;85(2):97-109.

9. Berner TO, Murphy MM, Slesinski R. Determining the safety of chromium tripicolinate for addition to foods as a nutrient supplement. Food Chemistry and Toxicology. 2004;42(6):1029-1042.

10. Brown RO, Forloines-Lynn S, Cross RE, Heizer WD. Chromium deficiency after long-term total parenteral nutrition. Digestive Diseases and Sciences. 1986;31(6):661-664.

11. Campbell WW, Beard JL, Joseph LJ, Davey SL, Evans WJ. Chromium picolinate supplementation and resistive training by older men: effects on iron status and hematologic indexes. American Journal of Clinical Nutrition. 1997;66(4):944-949.

12. Cefalu WT, Bell-Farrow AD, Stegner J, Wang ZQ, King T, Morgan T, Terry JG. Effect of chromium picolinate on insulin sensitivity in vivo. Journal of Trace Elements in Experimental Medicine. 1999; 12:17-83.

13. Cerulli J, Grabe DW, Gauthier I, Malone M, McGoldrick MD. Chromium picolinate toxicity. Annals of Pharmacotherapy. 1998;32(4):428-431.

14. Christensen JM, Holst E, Bonde JP, Knudsen L. Determination of chromium in blood and serum: evaluation of quality control procedures and estimation of reference values in Danish subjects. Science of the Total Environment. 1993;132(1):11-25.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom
Captcha
Produtos relacionados